segunda-feira, 1 de outubro de 2007

A Multiplicação dos 5 pães e 2 peixes

Mateus 14, 13-21.
13 Jesus, ouvindo isto, retirou-se dali numa barca para um lugar deserto, à parte; quando as multidões o souberam, seguiram-no das cidades por terra.
14 Ele, ao desembarcar, viu uma grande multidão, compadeceu-se dela e curou os seus enfermos.
15 À tarde aproximaram-se dele os discípulos, dizendo: Este lugar é deserto e a hora é já passada; despede, pois, as multidões, para que, indo às aldeias, comprem alguma coisa para comer.
16 Mas Jesus lhes disse: Não precisam ir; dai-lhes vós de comer.
17 Replicaram-lhe: Não temos aqui senão cinco pães e dois peixes.
18 Disse-lhes ele: Trazei-mos cá.
19 Tendo mandado à multidão que se assentasse sobre a relva, tomou os cinco pães e os dois peixes e, erguendo os olhos ao céu, deu graças e, partindo os pães, entregou-os aos discípulos, e os discípulos entregaram-nos à multidão.
20 Todos comeram e se fartaram; e do que sobejou levantaram doze cestos cheios de pedaços.

Vemos muitos pregadores contemporâneos usarem esse texto para de certa forma levar as pessoas a entregarem seu dinheiro, afirmando que assim como Jesus multiplicou aqueles dois pães e cinco peixes também irá multiplicar sua conta bancária, lhe dar um carro zero e outras riquezas materiais, ensinando a "barganhar" com Deus, a tentar negociar com o Criador, e até a mesmo a "exigir" a benção de Deus, afinal, "eu" sou fiel, "eu" sou dizimista, "eu" tenho fé, etc, como se Deus nos devesse alguma coisa ou tivesse alguma obrigação para conosco, meros mortais pecadores.
Certo pregador em um programa de televisão de rede nacional, declaradamente chamou de "trouxas" as pessoas que dizimam e ofertam simplesmente por amor a Deus e ao evangelho, essa foi a palavra que ele usou: "trouxas", ainda disse que temos que ofertar sim com intenção de receber recompensas.
Deus não é banco pra ficar negociando bênçãos. Falando em banco, não posso deixar de citar certa vez que um pastor em uma das suas "poderosas campanhas de prosperidade" entregou um envelope chamado "cheque especial do banco celestial", (parece mentira, mas não é), e disse para as pessoas "pela fé" colocarem no envelope o valor do dízimo do salário que gostariam de receber, para assim poderem cobrar do Senhor a benção tão almejada, afinal de contas, pela fé "investi meu dinheiro" e agora quero retorno. Desculpem-me a franqueza, mas se existe alguém trouxa nessa história, não são os que fazem a obra de Deus, são fiéis e contribuem sem querer nada em troca, e sim quem vai atrás desses falsos profetas, exploradores, e acham que podem de alguma forma barganhar com o Senhor.
Engana-se quem acha que pode dar alguma coisa a Deus, pois nada podemos dar a Deus sem que antes Ele nos tenha provido.
Rm 11,35 - Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído?
Então não podemos de forma alguma tentar "comprar" bênçãos de Deus, seja por dinheiro, ou qualquer obra quer viermos a fazer.
Deus nos abençoa, nos cura, nos prospera, nos dá vitória, simplesmente por que nos ama, como amou aquela multidão faminta, dando-lhes o que comer (vs 14), Jesus teve compaixão daquelas pessoas, essa deve ser a nossa maior motivação, o amor e a compaixão pelas pessoas.
Muitos afirmam que Jesus curava e operava milagres como estratégia de "marketing", para que assim seu nome fosse conhecido, e que hoje Ele não precisa mais curar, pois já temos Sua Palavra para crer e muitos meios de comunicação para levar o evangelho. Realmente Deus não precisa fazer nada para nos provar que é Deus, nem realizar milagres para confirmar sua Palavra, pois temos muitos milagres na bíblia que já "assinam" a doutrina. Mas cremos sim que Ele ainda cura simplesmente porque nos ama, e tem compaixão de nós, pela sua infinita graça e misericórdia. Portanto meu irmão, se você está precisando de cura, de prosperidade ou de qualquer outra benção, creia que Ele irá te abençoar, por que Ele te ama. Glórias a Deus por isso.
Temos vivido em um tempo em que as pessoas tem cada vez mais pensado somente em si mesmas, em seu bem estar, frases do tipo: "o mundo é do espertos" ou "quem pode mais chora menos", estão em alta hoje em dia. Muitos passam por cima dos outros para conseguirem tudo o que desejam, mentem, enganam, roubam e até usam o nome do Senhor para suas falcatruas. Usam a Palavra de Deus e o nome de Jesus para explorar a fé das pessoas, prometendo o que Deus não prometeu, tudo para aumentarem suas mega contas bancárias.
Até mesmo a motivação das pessoas em procurarem a Deus, em virem á igreja, muitas vezes tem sido egocêntrico, pois vem pensando somente em si, em busca de alívio para suas dores, para poderem se sentir bem, para alcançar curas, bênçãos, só querem ouvir mensagens que "massageiem seu ego". Por favor, não me entendam mal, não estou de forma alguma dizendo que você não deva buscar curas e bênçãos, mas essa não pode ser a nossa única motivação para servirmos a Deus.
O verdadeiro cristianismo vai muito além de tudo isso que temos visto atualmente, ser cristão é ser parecido com Cristo. E Cristo é o maior exemplo de abnegação e vida em favor do próximo, pois "mesmo sendo Deus, não usurpou ser igual a Deus, antes se humilhou assumindo a forma de servo".....
O mesmo Jesus que quando estava no deserto sendo tentado pelo diabo se negou em usar seu poder para transformar as pedras em pães para saciar a própria fome, foi o mesmo Jesus que logo mais tarde multiplicou os pães e os peixes para alimentar aquela multidão faminta, tudo por que Ele não pensava apenas em si mesmo. Podemos dizer que ninguém sofreu uma tentação tão forte quanto Jesus, pois suportou todo o sofrimento, sabendo que poderia acabar com toda aquela humilhação num estalar de dedos, pois embora na forma de homem, Ele tinha toda a plenitude do poder de Deus. Amor maior que esse com certeza não há nem nunca haverá e é por esse amor e essa graça que somos salvos.
Deus tem nos chamado a um compromisso com seu Reino, um compromisso sem interesses, um compromisso de amor pelas almas, amor por aqueles que precisam de ajuda,uma vida em favor do próximo. Mas irmãos, vamos ser sinceros, vamos analisar a nossa vida, quanto tempo temos gasto em favor do Reino de Deus, em favor do próximo, temos realmente feito a nossa parte? Ou só queremos receber? Ou só pensamos em sair, em nos divertir, em descansar (não que isso seja errado) mas a vida não é só diversão.
Talvez essa não seja uma pregação para fazer você se sentir bem, muito pelo contrário, é para que nos sintamos mal mesmo, constrangidos com um desejo de mudar, de fazer algo mais pelo Reino de Cristo, de fazermos a diferença nesse mundo tão corrompido pela maldade de homens que só pensam em si.
Só assim a igreja cumprirá o seu papel de corpo de Cristo na terra.


CHRISTUS VICTOR REINA!

10 comentários:

Goya disse...

Ahh, Jesus como são verdadeiras essas palavras. Aqui em Portugal tem vindo pastores do brasil pra pregar isso...só teroria da prosperidade. E o povo perecendo. Precisamos pregar salvação, salvação e salvação! Aleluia!

Luiz Cordeiro disse...

Meu querido irmão, Deus te abençõe por suas palavras. Pelo seu grito aos corações daqueles que vivem debaixo do engano. É tempo de permitirmos que os "olhos do nosso coração" seja aberto por Deus, como disse o apóstolo Paulo.
Deus te abençõe.

Carlos Levi disse...

Meu querido e amado de Cristo, boas são essas palavras. Quem dera, que todos pudessem ler em letras garrafais,porque hoje em nossos púlpitos só se ver essa tal de mensagem de prosperidade, não que não creiamos que Cristo não nos dê o que precisamos e até mais do que esperamos, porque bem sabemos que Ele é o dono do ouro e da prata, porém não pode ser esse o nosso discurso, porque a prioridade da Igreja é buscar as ovelhas perdidas da casa do Pai. Deus abençoei!

Nath Gomes disse...

Luciene Gomes...
Deus é nosso refugio e nossa fortaleça.
Muitos hoje usam a palavra de Deus em
beneficio proprio e ñ para ajudar as ovelhas que estão desgarradas do aprisco do Senhor, nessa passagem muitos ali tinha sede e fome e necessidade de ser resgatadas, e assim fez nosso Jesus, alimentou ñ só com palavras o espiritas mas tambem alimenou a aquela multidão que não tinha nada para saciar sua fome carnal, Deus é assim agi de forma que muitos não entendem, mas nós que conhemos a palavra podemos aqui perceber o que é se doar em favor de Reino de Cristo, Glória a Deus por isso.
Amém...

pastor levi fernandes disse...

Que palavra abençoada meu irmão, precisamos de pessoas assim como vc que diz a verdade,muito boa esta palavra, que Deus continue te abençoando. fique na paz.

JESUS É O SENHOR!!! disse...

ENGRANDECIDO É O NOME DO SENHOR JESUS EM TODO TEMPO.

DEUS O ABENÇOE E MULTIPLIQUE SEUS PÃES E PEIXES PARA GLÓRIA DELE.

CONTINUE... DEUS É CONTIGO VARÃO VALOROSO!!

JESUS É O SENHOR!!! disse...

PARA SEMPRE SEJA ENGRANDECIDO O NOME DE JESUS CRISTO!!!

QUE SEJAM SEMPRE MULTIPLICADOS EM SUA VIDA SEUS PÃES E PEIXES!!!

SEU ESTUDO ECOA COM PODER...


CONTINUE, DEUS MERECE SEMPRE O MELHOR DE NOSSAS VIDAS.

Pr.Fernando Gama disse...

Muito boa palavra, eu tenho pregado muito sobre este tema, pois a falta de interesse pelo reino de DEus esta cada vez mais evidente em nossas igrejas. cOmo amar a Cristo se nao procura conhece-lo e buscar comunhao.Deus te abencoe. Pr.Fernando Gama

Pr.Fernando Gama disse...

Muito boa palavra, eu tenho pregado muito sobre este tema, pois a falta de interesse pelo reino de DEus esta cada vez mais evidente em nossas igrejas. cOmo amar a Cristo se nao procura conhece-lo e buscar comunhao.Deus te abencoe. Pr.Fernando Gama

sergio luiz dos santos santos disse...

pr Sergio

Muito boa Palavra querido; a
ausência de Deus na vida das pessoas,
o fazem buscar as bençãos de forma equivocada.